E aí, a sua marca evolui
ou fica parada?

Os tempos mudaram. A realidade não é mais a mesma. E ainda, como em todo desafio, alguns negócios respondem de forma proativa e efetiva, enquanto outros são deixados para trás.

Neste cenário, marcas podem ser o principal impulsionador de negócios, desde que se diferenciem e estejam em constante evolução.

imagem-iceberg.jpgiceberg-mobile (certo)
Marcas que evoluem

Mais do que existir, marcas que evoluem constantemente se diferenciam, possuem estratégias e gestão claras e fortes, estão em constante adaptação e inovação, têm uma boa reputação e a sua promessa alinhada com a sua entrega, por isso vendem mais e possuem maior valor.

Mas, como construir uma marca assim? Nós da Pezzo seguimos a seguinte lógica:

  • Estratégia de marca

    É necessário ter planejamento e uma boa gestão de tudo isso. Por trás desse processo, entra o posicionamento da marca, que deve ser específico e autêntico, pautado nos diferenciais e nas estratégias do negócio. Você não consegue criar uma reputação sem ter qual reputação você quer criar e como você fará isso.

    Com uma estratégia de marca estabelecida, é possível definir os padrões de linguagem e identidade, posteriormente, organizar a gerir os pontos de contato e comunicação e, assim, formar a imagem e reputação desejada nos seus públicos.

  • Linguagem e identidade

    Para gerir a construção da marca nos pontos de contato, é necessário definir os padrões de linguagem e identidade. Existem várias identidades que padronizam a linguagem, como a visual, verbal, publicitária, arquitetônica etc.

    A padronização da linguagem tornará o processo de materialização da marca mais fácil, eficaz e profissional.

  • Pontos de contato

    A reputação da marca é construída através dos pontos de contato da marca.

    Ponto de contato é tudo aquilo que entra em contato com o seu cliente: identidade visual e verbal, publicidade, arquitetura, site, atendimento, o que falam sobre a sua marca e empresa etc. 

    Os pontos de contato influenciam diretamente na opinião dos seus públicos e criam uma imagem na cabeça deles sobre o seu negócio. 

    Alguns pontos podem ser gerenciados, outros não. Os que não são, podem ser influenciados pelos demais. E essa é a grande sacada: os pontos de contato devem ser gerenciados.

  • Público

    Entender quais são os públicos da marca. Os públicos podem ser os clientes/consumidores da marca, mas também funcionários, fornecedores, formadores de opinião, mídias etc.

    As marcas devem entender quais são os seus públicos, pois cada um pode influenciar positivamente ou negativamente na reputação do seu negócio.

Quando investir na evolução da marca?

Poderíamos responder: sempre! Afinal, como comentamos acima, marcas que evoluem constantemente possuem maior valor.

Porém, existem casos clássicos onde o investimento na evolução da marca é importante e muito vantajoso. São eles:

1.jpg
1

Quando o público da marca não percebe os diferenciais da marca, seja porque estão ocultos ou porque a marca se parece muito com os concorrentes ao possuir um posicionamento e comunicação não tão diferentes.

2.jpg
2

Quando a marca concorre com outras marcas maiores ou mais conhecidas que ela e precisa projetar uma imagem profissional para competir.

3.jpg
3

Quando a marca tem muitos concorrentes, onde seus diferenciais e benefícios estão comoditizados.

4.jpg
4

Quando a marca praticamente não tem concorrentes. Neste caso, com a intenção de fortalecer a posição e se proteger contra a concorrência futura, construindo uma marca forte.

5.png
5

Quando a marca tem uma estrutura complexa, com outras marcas em seu portfólio, precisando organizar sua oferta. 

6.jpg
6

Quando uma empresa familiar precisa se redescobrir, organizar a gestão e manter a cultura familiar que foi a base do sucesso da marca.

7.jpg
7

Quando a marca planeja atuar no “oceano azul”, reinventando o seu mercado ou até mesmo criando um novo, onde não existe uma linguagem de segmento a ser seguida ou rompida.

8.jpg
8

Quando muda-se a gestão da empresa, atingindo a estratégia, cultura ou diferenciais do negócio.

9.jpg
9

Quando a empresa quer maximizar seu valor de venda.

10.png
10

Quando a marca representa outras marcas e quer possuir maior valor perante seus clientes e não estar fadada ao fracasso caso essas marcas saiam dos eu portfólio. 

11.jpg
11

Quando pretende-se ter independência dos ativos tangíveis, operando apenas como uma marca e não como uma fábrica.

E aí, a sua marca evolui ou fica parada?

Somos especialistas em criação e gestão de marca + presença digital, com foco na sua estratégia e negócio.

Vamos juntos encontrar o caminho da evolução para a sua marca!